USP ensina Sociologia

Violência Doméstica

______________________________________________________________

Violência Doméstica: uma análise das questões jurídicas, insitucionais e de gênero
autora: Veridiana Domingos Cordeiro

junho / 2011
 

O presente artigo pretende mobilizar conhecimentos jurídicos, antropológicos e sociológicos para tratar do tema da violência doméstica no Brasil, hoje. A Lei Maria da Penha foi um divisor de águas, que mudou o modo como a violência doméstica é tratada atualmente e por isso assume papel central neste debate. A conquista dessa lei envolve processos mais amplos, os quais tocam, inevitavelmente, a história do papel da vítima e o processo penal. O que se observa é que,  no caso da violência conjugal, apesar da promulgação da lei, as instituições criminais ainda reproduzem padrões culturais preconceituosos sobre a violência de gênero e suas vítimas, possuindo discursos e práticas associados à ideia construída dos gêneros, contribuindo para a perpetuação da assimetria existente na rede de relações entre sexos.

Texto - Atividades didáticas
 

______________________________________________________________